Votar ou não votar? Eis a questão!

Votar ou não votar? Eis a questão!

Outubro 6, 2019 0 Por admin
Em dia de eleições surge a pergunta votar ou não votar?

Hoje fiz uma pequena de reflexão sobre o assunto de abstenção.

Uma reflexão simples sem grandes teorias ou pesquisas para a fundamentar de forma mais válida.

Nota importante: Se já votaste podes parar de ler pois isto não te vai fazer sentido. Se te vais abster também não vale a pena continuares a ler… Não irá fazer sentido nem vais gostar do que vou escrever!


Abstenção! Ainda não consegui entender a vantagem da abstenção. Sempre votei e faz-me sentido não deixar a minha pequena colaboração nas mãos de outros.

Tenho lido e acompanhado que ao não votarmos estamos a mostrar que este sistema não faz sentido e eventualmente pode haver algo que muda – li algo sobre democracia participativa. Confesso que me faz sentido, mas não com o nível de responsabilidade que cada um de nós ainda tem. É também vos digo que não me parece verdade!! Pelo menos não consegui entender como funciona…

Assim, na minha singela reflexão considerei que talvez a promoção da abstenção pode estar a ser feita pelos partidos com o “poder” instalado.


E agora vocês dizem desse lado: “esta passou-se de vez?!”

E eu respondo: “provavelmente…”

Então quem ganha com a alta abstenção ?

Quem se abstém provavelmente não iria votar nos que estão e têm estado no poder.

https://medium.com/@thomaz.nogueira/voto-no-meteoro-b6fc4621d5d7
Quem se abstém se não o fizesse certamente iria votar em algum pequeno partido ou movimento que promova a mudança do que está instalado.

Verdadeiramente, ainda não sei o valor da abstenção nestas eleições, mas tendo em conta a percentagem de abstenção, se todas essas pessoas votassem nos outros partidos e movimentos os resultados seriam completamente diferentes.

Pessoal relaxem, não estou (ainda 🤣) a fazer campanha a favor dos novos partidos ou movimentos, estou apenas a querer concluir que começo a achar verdadeiramente que a máquina por trás da promoção da abstenção é a mesma.


Já que me leram até aqui. E foi preciso coragem! Vou partilhar o porque de eu desacreditar na política como ela existe agora.

Política baseia-se em poder. Neste momento n política não querem trabalhar em prol de todos e para todos mas para ter um status é poder que alimenta o ego.

Desculpem amigos políticos. Há excepções à regra como em todas as coisas.

Propostas: todas as propostas têm prós e contras. O que se vê em política é um lado a defender tudo o que é bom e o outro a defender tudo o que é mau. Não há clareza, falta como em muitas situações na saúde, verdadeiros consentimento informados.

Todas as ideias e propostas têm prós e contras, o que se deveria fazer em política era um exercício de brainstorming e de estudo de balança para perceber se os prós são maiores e mais pesados que os contras.

Acredito que para se fazer isso verdadeiramente temos que deixar de lado o ter razão, o defender apenas o nosso ponto de vista, sentar e conversar abertamente, autenticamente e com verdade sobre os assuntos. Colocar as coisas nos pratos da balança e decidir, ciente das vantagens e desvantagens, em prol do todo!


Bem, vou parar por aqui que já divaguei de mais…

Vou até ali destralhar e vender mais umas coisas na Venda de Garagem que decorrer no Tavira Gran Plaza a partir das 14h.

A ti que leste todo este texto os meus parabéns. Foi certamente preciso coragem, uma pitada de loucura e boa disposição!


Um resto de bom domingo e boas reflexões.









Por favor segue e partilha!
error